Blog do estado do

Rio de Janeiro . RJ

Home
Artigos


 
 




A história do Rio de Janeiro

Descoberta no dia 1º de janeiro de 1502, por uma expedição portuguesa iniciada por Gaspar de Lemos, a cidade maravilhosa, além dos índios já presentes, ganhou vida, alguns habitantes e o começo de uma gigantesca história que aqui será abordada:

Inicialmente, ao chegarem e avistarem a Baía de Guanabara (como conhecemos hoje) os portugueses acreditaram ser a desembocadura de um grande rio, e por conta disso, deram o nome de Rio de Janeiro.

Contudo e mesmo com a chegada dos portugueses em território nacional primeiro, foram os franceses que conseguiram se estabelecer na região, dominando o comercio de extração de madeiras e assim criando uma disputa de território entre as duas nações que ali presentes brigavam pelo comando do Rio de Janeiro.

Em 1555, os franceses em uma atitude estratégica e quase que desesperada, trouxeram colonos para habitar e explorar o lugar, mas   nada adiantou... Parte deles foram expulsos pelos portugueses, que na sequência, em 1565, ao comando de Estácio de Sá, e no dia 1º de março, fundaram a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Uma cidade com ruas irregulares e estilo português medieval. Logo depois em 1567, com a ação definitiva dos portugueses na construção da cidade, todos os franceses em definitivo tiveram que sair!

Mediante o posicionamento estratégico da cidade na Baía de Guanabara, ali foi desenvolvido uma zona portuária, onde pesca, madeira e cana de açúcar eram trabalhados. E foi assim que a população cresceu, chegando a ter em 1660, cerca de 6.000 índios, 750 portugueses e 100 negros.

No final do século XVII ao início do século XVIII – Os metais e ouro, foram descobertos em Minas Gerais, fazendo com que o Rio de Janeiro se transformasse numa ponte de comercio entre minas e Europa. 

Anos depois, no mesmo século (XVIII) a cidade foi abalada por uma crise, devido as minas não estarem mais produzindo como antes, e outros países da América do Sul entrarem na briga comerciante contra do Brasil, na produção e venda de cana-de-açúcar. Porém, anos depois   o cultivo do café e a chegada da realeza (família real) em 1808, deram um novo momento para a cidade. Igrejas foram construídas, instalações de vias férreas aconteceram, as primeiras indústrias foram abertas, a cidade ganhou iluminação a gás e transportes com tração animal circulavam pela cidade!! (Nesta época a população já havia crescido muito e contava com cerca de 800.000 habitantes).

Entretanto, com o maior número de habitantes, também chegaram a cidade a Capital do Brasil, os problemas como: falta de emprego, falta de saneamento básico, epidemias, tuberculose, febre amarela e outros...

Em 1903, a cidade do Rio de Janeiro ganhou o seu primeiro prefeito: Francisco Pereira Passos, que durante sua administração, criou parques, avenidas, um novo porto e uma varredura total de cassas sem saneamento básico!

Em 1960, a cidade do Rio de Janeiro deixou de ser Capital do Brasil, mas continuou sendo uma cidade turística e muito famosa por suas belezas naturais e por sua imagem romântica!



Compartilhar










Blog do Estado do Rio de Janeiro . RJ